Como manter cães de raça de brinquedo seguros perto de crianças?

Para manter os cães de raça de brinquedo seguros perto de crianças, supervisione toda a interação entre seu filho e o cão para que você possa intervir, se necessário. Por exemplo, você pode estabelecer uma regra que as crianças só possam brincar com o cachorro na sala de estar ou no quintal, para que você possa vê-los. Você também deve explicar ao seu filho que ele não deve se aproximar dele por trás ou pairar sobre ele, pois isso pode causar ansiedade nos cachorros de brinquedo. Quando seu filho estiver brincando com seu cachorro, alerte-o para deixá-lo sozinho se ele enfiar o rabo ou lamber os lábios, sinal de que ele pode estar se preparando para morder ou atacar. Além disso, lembre-os de cuidar do cachorro, pois podem tropeçar nele ou acertá-lo com a porta se não prestarem atenção. Para dicas de nosso coautor Veterinário, incluindo como fazer seu filho alimentar seu cachorro, continue lendo!

Para manter os cães de raça de brinquedo seguros perto de crianças
Para manter os cães de raça de brinquedo seguros perto de crianças, supervisione toda a interação entre seu filho e o cão para que você possa intervir, se necessário.

Os cães de brinquedo são animais extremamente frágeis que requerem um manuseio relativamente delicado. Se você tem filhos, precisará ensiná-los a lidar com o cachorro com segurança. Você precisará estar atento à maneira como seus filhos interagem com o cão pequeno e ensiná-los a interagir com ele de uma forma que não cause danos. Demonstrar como brincar com o animal com segurança e delicadeza garantirá que a criança e o cão não se machuquem. Por fim, você deve instruir seu filho sobre como cuidar adequadamente do cão delicado, a fim de evitar ferir ou machucar o animal.

Parte 1 de 4: garantindo um comportamento seguro

  1. 1
    Supervisione as crianças ao redor do cachorro. Para evitar que seus filhos machuquem seu cachorro de brinquedo, ou vice-versa, você deve sempre supervisionar as interações entre eles. Se o seu filho quiser brincar com o animal, certifique-se de que ele brinca onde você possa observá-lo. Dessa forma, você pode intervir rapidamente e impedir que seu filho machuque o cão. Também torna mais fácil fornecer momentos de aprendizado sobre os cuidados adequados com seus animais de estimação.
    • Estabeleça uma regra que as crianças só podem brincar com o cachorro na sala ou no quintal, para que você possa ficar de olho nelas.
  2. 2
    Ensine a seus filhos boas maneiras de cachorro. Para garantir que seu filho e seu cachorro não tenham uma interação ruim, você deve ensiná-lo a interagir com o cachorro. Como os cachorros de brinquedo já são cachorros particularmente ansiosos, você deve instruir seu filho a evitar se aproximar do cachorro por trás ou pairar sobre ele. Isso aumenta os níveis de ansiedade do cão e a probabilidade de ele se machucar. Também aumenta a probabilidade de o cão morder a criança.
    • Para manter a saúde do seu cão, é importante que os seus filhos não assustem ou assustem o seu cão de brincar. A alta ansiedade pode levar ao aumento de doenças em seu cão.
    • Por exemplo, seu filho pode assustar o cachorro, fazendo-o pular e se machucar.
    • Ensine seus filhos a sempre deixar uma rota de fuga clara para o cão quando interagirem, de modo que o cão não se sinta encurralado ou preso.
  3. 3
    Familiarize seus filhos com a linguagem corporal dos cães. Cachorros pequenos se sentem ameaçados facilmente e podem atacar ou morder caso se sintam encurralados, presos ou assediados. A linguagem corporal de um cão pode oferecer sinais claros de que o cão está se sentindo ansioso ou na defensiva. Ensine seu filho a deixar o cachorro sozinho se ele o vir:
    • Enfiando sua cauda.
    • Evitando seus olhos.
    • Lambendo seus lábios.
  4. 4
    Diga a seus filhos para ficarem atentos ao cachorro. Devido ao seu tamanho pequeno, os cães de brinquedo às vezes podem passar despercebidos. Se eles não estiverem olhando para onde estão indo, seu filho pode facilmente atropelar o cão. Eles também podem bater nele com uma porta de vaivém ou deixar cair coisas sobre ele. Lembre a seus filhos que eles devem olhar para baixo e sempre ter uma ideia de onde o cão está localizado.
    • Peça a seus filhos que não corram dentro de casa ou abram portas. Isso os ajudará a evitar que machuquem o cão inadvertidamente.
  5. 5
    Mantenha as crianças menores longe dos cachorros de brinquedo. Muitas crianças, principalmente quando são pequenas, têm dificuldade em demonstrar afeto com gentileza. Eles costumam causar dor aos cães, apertando, beliscando, batendo e cutucando-os. As crianças mais novas geralmente não têm ideia de que estão machucando os animais. Com cachorros de brinquedo, crianças pequenas podem machucar seriamente um cachorro ou fazer com que ele os morda.
    • Cachorros de brinquedo não são ideais para crianças. Muitas vezes são territoriais e ansiosos, o que os torna uma combinação ruim para crianças indisciplinadas e intrusivas. Converse com seu veterinário se você estiver pensando em um cachorro de brinquedo para seu filho.
Você precisará lembrar a seus filhos que o cachorro de brinquedo não é realmente um brinquedo
Embora sejam pequenos, você precisará lembrar a seus filhos que o cachorro de brinquedo não é realmente um brinquedo.

Parte 2 de 4: demonstração de interações seguras

  1. 1
    Mostre a uma criança mais velha como tocar suavemente em um cachorro. Ensine seus filhos mais velhos a serem gentis com seu cachorro de brinquedo, demonstrando como segurá-lo e acariciá-lo adequadamente. Informe aos seus filhos que tapinhas fortes podem facilmente assustar o cão e até machucá-lo. Em vez disso, diga-lhes para acariciarem suavemente o cão e darem toques suaves.
    • Ensinar o toque suave também garantirá que seus filhos não sejam mordidos.
  2. 2
    Demonstre como brincar bem com o cão. Embora sejam pequenos, você precisará lembrar a seus filhos que o cachorro de brinquedo não é realmente um brinquedo. Eles precisam ser gentis ao brincar com o cão para evitar machucá-lo. Qualquer tipo de jogo violento pode ferir gravemente o cão.
    • Cachorros de brinquedo podem facilmente sofrer fraturas e ossos quebrados em acidentes aparentemente simples. O peso do seu filho por si só pode esmagar alguns cães pequenos.
    • Cachorros de brinquedo podem jogar muitos jogos, como buscar e cabo de guerra. No entanto, a criança deve reduzir a intensidade da brincadeira por causa do tamanho pequeno do cão.
  3. 3
    Ensine seus filhos a brincar com o cachorro em locais seguros. Seus filhos precisam estar atentos para brincar com o cachorro em locais seguros. É importante evitar brincar com o cão em lugares onde ele possa cair ou ficar preso.
    • Por exemplo, porque pode cair e se machucar, a cama de cima de um beliche não é um lugar seguro para brincar com um cachorro de brinquedo.
  4. 4
    Certifique-se de ter brinquedos do tamanho adequado. Brinquedos grandes demais para o seu cão podem ser muito perigosos para ele. Grandes brinquedos arremessados podem facilmente ferir seu cão. Certifique-se de que seu filho sabe usar brinquedos de tamanho apropriado ao brincar com o cachorro de brinquedo.
    • Por exemplo, se seu filho quiser brincar com o cachorro, certifique-se de que ele está usando um brinquedo de tamanho adequado. Uma bola grande ou um pedaço de pau pode ferir o animal.
  5. 5
    Diga a seus filhos para não sobrecarregar o cão. Os cães pequenos podem facilmente se esforçar demais com a atividade física. Isso pode causar doenças ou lesões. Para evitar isso, instrua seus filhos a limitar a quantidade de atividades vigorosas de que participam com o cão. Embora os cães de brinquedo possam desfrutar principalmente das mesmas atividades que os cães maiores, os exercícios devem ser menos frequentes e por períodos mais curtos de tempo.
    • Um cachorro de brinquedo só precisa de cerca de 30 minutos de exercício por dia.
    • Os cães pequenos não podem andar tanto ou tanto quanto os cães maiores. Seu cachorro de brinquedo ficará cansado rapidamente.
    • Para um cachorro de brinquedo, sua sala é um verdadeiro playground.
Para evitar que seus filhos machuquem seu cachorro de brinquedo
Para evitar que seus filhos machuquem seu cachorro de brinquedo, ou vice-versa, você deve sempre supervisionar as interações entre eles.

Parte 3 de 4: ensinando como cuidar de um animal de estimação

  1. 1
    Demonstre a seus filhos como alimentar o cachorro corretamente. Ao cuidar de um cachorro de brinquedo, é fácil dar-lhe muita comida. Eles não precisam quase tanto quanto um cão maior. Uma quantidade aparentemente minúscula de comida será suficiente. Converse com seu veterinário sobre quanto alimentar adequadamente seu cachorro de brinquedo.
    • Para a maioria dos cães com menos de 2 kg (2,26 kg), meia xícara (120 ml) de comida de cachorro por dia deve ser suficiente.
  2. 2
    Mostre a seus filhos como preparar o cachorro. Ao escovar seu cão, é importante ser gentil. Escovar com muita força ou esfregar com muita força pode machucar seu cão pequeno. Mostre a seus filhos como lavar seu cachorro de brinquedo suavemente e como escovar seu cabelo delicadamente.
    • Os cães pequenos também podem ficar resfriados rapidamente se ficarem molhados por muito tempo. Certifique-se de que seus filhos saibam que devem secar seu cachorro rapidamente se eles derem banho nele.
  3. 3
    Proteja seu cão dos elementos. Por serem pequenos, os cães de brinquedo também ficam resfriados com facilidade. Se o seu filho sair com o cachorro durante o inverno, certifique-se de que ela leve um suéter ou algum tipo de roupa para ele. No verão, os cães menores também são suscetíveis ao superaquecimento. Certifique-se de que seus filhos sabem dar ao seu cachorro de brinquedo muita sombra e muita água.
    • Em geral, os cães menores não devem passar muito tempo fora de casa. Deixe seus filhos saberem que seu cachorro de brinquedo precisa passar a maior parte do tempo dentro de casa.
  4. 4
    Faça com que seus filhos carreguem a gaiola do cachorro de maneira adequada. Como muitas raças de brinquedos não podem andar muito, muitas pessoas os carregam em carregadores. Ensine seu filho a carregar o carrinho do cachorro de brinquedo corretamente para evitar feri-lo. Certifique-se de que eles sabem que não devem balançar a transportadora ou deixá-la cair enquanto o cão estiver dentro. Ser descuidado ou rude com o transportador enquanto o cão está dentro pode ferir gravemente o animal.
Como os cachorros de brinquedo já são cachorros particularmente ansiosos
Como os cachorros de brinquedo já são cachorros particularmente ansiosos, você deve instruir seu filho a evitar se aproximar do cachorro por trás ou pairar sobre ele.

Parte 4 de 4: protegendo seu cão em público

  1. 1
    Mantenha o cachorro em sua bolsa, se for o caso. Como eles podem ficar fisicamente exaustos com muita facilidade, você provavelmente desejará manter seu cão na sacola quando estiver em público. Isso também evitará que seu cão pequeno seja ferido por crianças ou outros animais. Manter o seu cão no saco também garante que as crianças que pretendam ver o seu cão se aproximem de si antes de obterem acesso.
  2. 2
    Peça às crianças que não se aproximem de seu cachorro. Se o seu cão pequeno for arisco, diga às crianças que devem deixá-lo sozinho quando estiver em público. Quando as crianças se aproximarem de seu cachorro, não as deixe brincar com ele sem ser solicitadas. Deixe-os saber que seu cão é delicado e que eles precisam da sua aprovação para brincar com ele.
    • Diga algo como "Por favor, não toque no cachorro" ou "Você pode brincar com o cachorro, mas precisa ser gentil".
  3. 3
    Deixe o cachorro se aproximar das crianças. Quando você está em um parque, também pode deixar seu cão ditar quem o toca. Você pode monitorar seu cão e ver de quem ele se aproxima. Se o seu cão se aproximar de algumas crianças, fique atento à situação. Você também pode dizer às crianças que precisam ter cuidado ao lidar com seu cão.
    • Diga algo como "Por favor, não pegue meu cachorro" ou "Seja gentil ao tocar no cachorro".
  4. 4
    Remova seu cão de situações perigosas. Se as crianças não lhe derem ouvidos, pegue seu cachorro e vá embora. Devido à sua pequena estatura, as crianças podem facilmente ferir o seu cão. Eles também podem torná-lo extremamente ansioso e causar sofrimento psicológico. Afaste seu cão de qualquer situação que você sinta que não seja segura.
    • Diga coisas como "Se você não vai brincar de bonzinho, vamos embora" ou "Seja legal com o cachorro ou vamos embora".
Artigos relacionados
  1. Como limpar as orelhas de um terrier?
  2. Como determinar se o seu cão faleceu?
  3. Como determinar se você deve sacrificar seu cão?
  4. Como colocar um cachorro para dormir?
  5. Como lidar com os restos mortais do seu cachorro?
  6. Como tratar a pica em cães mais velhos?
FacebookTwitterInstagramPinterestLinkedInGoogle+YoutubeRedditDribbbleBehanceGithubCodePenWhatsappEmail